Trabalho eficiente e organizado pode estimular número de bons pagadores e cumprir com a variedade de demandas do empreendimento

">
Contato: (85) 2181.6301

31/10 - 01:58 - Administradoras ajudam a reduzir inadimplência nos condomínios

A inadimplência é um dos grandes sinais de que a crise está presente na economia brasileira, ainda mais quando os números comprovam que os devedores, até julho desse ano, eram 59,4 milhões de pessoas - 39% da população brasileira adulta, segundo dados do Sistema de Proteção ao Crédito. De acordo com a mesma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito, em igual período de 2016, os negativados somavam 58,9 milhões, número que confirma um aumento de 0,84% em relação a 2017.


Nesse cenário de dificuldades financeiras e de renda familiar mais apertada, algumas contas acabam sendo deixadas de lado. Em grandes cidades, é comum que 10% dos apartamentos de um condomínio estejam com alguma taxa condominial em aberto.




Para que as contas permaneçam em dia, o gestor do condomínio deve avisar à administradora sobre os inadimplentes. Como ele pode acabar esbarrando na questão da convivência, uma opção é terceirizar o processo e ficar isento dessa pessoalidade. É simples: sem o auxílio do gestor, a própria administradora faz a cobrança, através da disponibilização de profissionais preparados para cumprirem essa tarefa. Os mesmos especialistas também encaminham acordos e negociações quando necessário.




Essa foi a escolha de Valdir Taborda, síndico de um condomínio localizado na zona sul de Porto Alegre. Taborda comenta que a expertise e o profissionalismo da administradora têm sido essenciais na tentativa de zerar a inadimplência. O resultado são poucos devedores e o melhor aproveitamento do tempo, uma vez que a empresa fornece suporte ao síndico em toda as suas atividades.




O serviço de cobrança da Auxiliadora Predial começa com a prevenção. Para prevenir, a administradora entende que uma análise bem feita do residencial pode resultar em ações que, quando aplicadas, reduzem os custos. Além da análise, a empresa organiza uma previsão orçamentária anual como forma de auxiliar o condomínio na organização das contas.




Além disso, é realizado um acompanhamento mensal das receitas e dos gastos, a fim de facilitar a checagem das despesas e acompanhar de perto o índice de inadimplência. Esse controle de entrada e saída de valores pode ser seguido pelo síndico e pelos condôminos por meio do Auxiliadora Digital, portal e aplicativo online que oferece os extratos detalhados do condomínio, entre outras facilidades.




Para quando a inadimplência não diminui, a administradora planeja e implementa planos de ações para a negociação e o pagamento dos débitos, como os mutirões, que ocorrem dentro dos condomínios. A empresa também pode sugerir orientações ao síndico, como o parcelamento das dívidas, que podem diminuir a inadimplência e contribuir para a saúde financeira do condomínio.


Fonte: GaúchaZH


Nosso Endereço:
Av. Dom Luis 609, sala 601 e 602
Edificio P&G Center - Aldeota
Fortaleza - Ceará
Contato:
Fone: (85) 2181.6301